sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

As raças do Primórdio 5 - Os Anões

Um ScaldingBeard já ancião.

Origem: Os anões foram a segunda raça humanoide a ganhar consciência, moldados das próprias montanhas por Inerill o deus dos Anões, da Honra, do Calor e da Terra e trazidos à vida pelo sopro de Suna, deusa da Vida, da Natureza e do Amor. No passado os anões habitavam as montanhas dos continentes Branco, Verde e Vermelho, tanto na região externa como no interior das mesmas. Eles eram bem divididos entre três clãs e relacionavam-se bem entre si, porém diversos conflitos com Orcs, Trolls da montanha e Ogros principalmente fizeram com que saíssem aos poucos das planícies e cada vez mais adentrassem as montanhas. Após a primeira grande guerra entre eles e elfos contra Orcs e Trolls, os anões voltaram a dominar boa parte da região externa das montanhas, bem como as planícies em volta. No entanto, após a segunda grande guerra, os anões tinham retroagido mais ainda pra dentro das montanhas, rechaçados impiedosamente por Trolls da Montanha e principalmente Ogros e então a invasão Kyrin começou. Os poucos anões que sobravam fora das montanhas refugiaram-se com humanos e anos depois, muitos deles optaram para voltar a morar sob montanhas. Os anões nessa época tinham 6 grandes cidades sob as montanhas, e todas foram devastadas com exceção das que ficavam abaixo das Montanhas Ululantes, cuja apenas a menor e mais externa delas foi completamente evacuada e destruída, enquanto que as outras resistiram extremamente bem, conseguindo manter inclusive seus líderes vivos. Isso se deveu ao fato do Imperador Anão e a maior parte do exército de elite Anão, ficarem nessas cidades que não foram derrotas.
MountainForged trilhando tuneis que
unem duas cidades.

Descrição: Os anões tem diferentes tipos de tonalidade de pele, mas nada tão discrepante como os humanos. Os anões podem ser bem brancos, mais morenos, morenos parecendo bronzeados, amarronzados ou ainda avermelhados. A altura média deles fica na casa dos 1,40, mas não é incomum ver anões de 1,50 ou até mesmo 1,60. Embora seja extremamente raro ver anões mais altos que isso, chegando ao nível de ser meio aberrante para os anões. Mas o que eles não tem de altura eles compensam de largura, anões possuem ombros mais largos que os humanos mais parrudos e o torax deles é normalmente forte e grande, dando a impressão de serem muito maiores. Seus braços e pernas também são mais grossos, e embora as pernas sejam meio curtas, os grandiosos brações muitas vezes podem coçar os joelhos sem que os anões precisem arquear-se. Atualmente é possível encontrar os 3 tipos principais de clãs anões morando juntos, mas já iniciou-se um lento movimento agora de migração dos anões para suas áreas originais. Esses clãs são os MountainForged, que são aqueles originados no interior das montanhas, os ScaldingBeards que chegaram a dominar os arredores das montanhas e as planícies nas partes mais quentes do Primórdio e os FrozenHearths, que moravam nas terras e montanhas geladas. É possível notar alguns padrões entre eles, os ScaldingBeards possuem muitos ruivos ou anões de cabelos e barbas laranjas ou loiros. Os MountainForged tem a pele mais escura entre eles e cabelos e barbas normalmente negras, marrons ou castanhas. E os FrozenHearths podem ter cabelos negros ou então bem avermelhados, quase escarlate mesmo. Anões podem chegar até uns 700 anos de idade, e ao ficarem mais velhos, todos sem exceção ficam com barbas grisalhas e depois brancas, independente de qual foi a tonalidade original. Um anão de 500 anos já pode ter barbas e cabelos completamente brancos, porém ainda é um guerreiro poderoso e viril.
Guerreiro tribal dos ScaldingBeard.

Divindades: Criados por Inerill, a grande maioria dos anões segue-o. Existem claro aqueles que seguem outros deuses, mas não fogem muito dessa lista: Suna, muitos Shamans a seguem. Bahamut e Petrus por fim, embora o último esteja cada vez com menos seguidores anões, talvez por conta de Petrus agora também ser o deus dos Humanos.

Sociedade: São raros os anões que não vivem nas grandes cidades sob as montanhas, a maioria desses vive então em vilas de anões bárbaros espalhados por planícies ou aos pés de montanhas. E os poucos restantes normalmente vivem em grandes cidades humanas, provavelmente cuidando de algum tipo de comércio. De todas as cidades, as que situam-se dentro das Montanhas Ululantes no Continente Verde são as maiores, e o imperador anão fica na cidade central chamada Coração de Inerill. Os anões são extremamente ordeiros, tudo em suas cidades e sociedade é construído de maneira uniforme, as casas tem padrão, as ruas tem padrão, a forma como escavam segue um padrão, etc. Tudo tem o porquê e os anões seguem e passam isso em diante. Numa família anã, o primeiro filho ou filha (anos atrás era direito apenas do primeiro filho, mas isso mudou e a sociedade Anã está cada vez menos machista) será o herdeiro do nome e da família, o segundo filho será sempre enviado para um templo de Inerill e crescerá como um devoto do deus, recebendo treinamento de acordo com sua vocação. O terceiro filho, é enviado para os "Guerreiros sem nome", uma facção Anã responsável por defender a raça e o Primórdio inteiro de ataques de extra-planares de um local chamado Cicatriz do mundo, uma fenda no subsolo de uma das Montanhas Ululantes. Os demais filhos podem fazer o que quiserem da vida, muitos viram mineradores, comerciantes ou aventureiros. Os anões prezam cerveja, camaradagem e boa comida acima de tudo, e uma taverna Anã é um local sempre amigável se você não for um Ogro ou Troll da Montanha. A sociedade anã é extremamente avançada, eles são a raça que melhor trabalha os metais, e devido à isso e seus avanços tecnológicos conseguiram criar máquinas à vapor, trens que ligam as capitais nas montanhas e fazem as melhores armas e armaduras de todo Primórdio.
Uma devota de Inerill.

Situação: Os anões vivem uma ótima era. Embora tenham perdido cidades em outros continente na invasão Kyrin, suas cidades abaixo das Montanhas Ululantes já ultrapassaram o que eram antes, e já existem duas novas ali. As demais cidades estão reconstruindo-se aos poucos, os acordos comerciais com as outras raças estão cada vez melhores e existem muitos anões agora sob a terra. Os únicos problemas que eles vivem no momento, é a ameaça de guerra contra os Urgrosh novamente, se os humanos chamarem, os anões terão que honrar o pacto feito séculos atrás, pegarão as armas e marcharam para o campo de batalha. Além disso, a Cicatriz do Mundo está cada vez mais perigosa, e embora os anões contem com a ajuda dos elfos para conter os extra-planares, a raça que um dia foi gloriosa está cada vez menor e mais fraca e cada vez podendo ajudar menos. Talvez chegue o dia em que eles tenham que recorrer à ajuda de outra raça para deter a ameaça.
Anões tendem a preferir martelos ou machados. Mas alguns
tem ótimas razões para usar espadas, e esse monstro não
está em posição de discordar disso.

Opiniões sobre as raças:
- Humano: Uma raça jovem e inconsequente ainda, mas de grande potencial. Os humanos se guiados corretamente podem evoluir para tornar-se uma grandiosa raça. É fácil ficar amigo de uma família deles e manter contato com gerações de heróis valiosos. Mas a maior desvantagem deles é que alguns até tentam, mas são incapazes de crescer uma barba poderosa.
- Elfo: Já foram nossos maiores aliados e de longe a raça mais poderosa no Prímórdio. Agora estão em decadência, mas olhe lá, muito cuidado. Esteja alerto que os indivíduos mais poderosos do mundo são elfos, e esses indivíduos precisam ser levados à sério, não queremos uma outra invasão Kyrin no mundo.
- Djinn: Qualquer coisa que se aplique a um elfo, aplica-se a um Djinn, até a terrível maldição que a raça carrega de não ter pelos faciais.
- Orc: Esses bárbaros verdes malditos tiveram a capacidade de organizar Trolls gigantes e ogros em um exército só, e desde então a vida de um Defensor das montanhas ficou muito pior. Tem alta capacidade bélica, e Inerill me perdoe, mas são até militarmente organizados. Um perigo sem dúvida. Mas a próxima guerra que entrarem, vão perder, os anões nunca estiveram tão poderosos.
- Ogro: Tão perigosos quanto fedorentos, as guerras pelas montanhas com essa raça odiosa é constante. Se houver mesmo um chamado de guerra, o Império Anão vai focar em exterminá-los, e não só expulsá-los.
- Troll: Entre as raças Urgrosh, trolls e goblins são as menos piores, e pelo menos os trolls não clamam criar coisas melhor do que nós. Desde que não me prendam em um túnel apertado com um desses fedorentos, eu não tenho problema nenhum. O que é claro, não quer dizer que vou contar ouro na frente de um deles pois no fim do dia, um troll ainda é um troll.
- Troll da Montanha: Pelas barbas de Inerill, existe uma raça pior que os ogros. Batalhamos com esses gigantes imbecis desde que evoluíram de alguma espécie feia de macaco, porém é incrível como eles conseguiram prosperar sendo tão malvados e tão burros. Isso pode ter sido um acerto tático pro momento de Urgrosh, mas foi um erro pro futuro.
- Goblin: Hah, eles clamam serem brilhantes inventores, porém garanto que nada que criem vai durar mais do que 1 mês. Já as nossas invenções, estarão aqui muito depois que um goblin, o filho dele e o neto dele morrerem. Dito isso, eles sabem como fazer comércio e são certamente a raça Urgrosh mais agradável de se ter perto, só tome cuidado pra não beber demais com um deles e vender patentes por preços muito baratos.
- Ferlix: Não temos muita experiência com esses aí ainda, mas deviam entender que os elfos do passado não são mas os elfos de agora. Depois de terem sido arrasados pelo Kyrin, eles certamente mudaram sua maneira de ver o mundo. Esperamos que os Ferlix consigam amadurecer como raça e não aliem-se aos Urgrosh caso a guerra venha.
Um anão ferreiro fazendo o que mais gosta.
 - Rajinn: Definitivamente nunca conheci um desses. Mas qualquer coisa que eu pense sobre os Ferlix, vale para eles.
- Norfss: A raça mais perigosa e traiçoeira do Primórdio. Proibidos de entrar em qualquer cidade Anã, evite contato com esses lagartos malditos, pois um deles já conseguiu eu não sei como, assassinar um imperador nosso e passar-se por ele por anos.
- Kyrin: Manipulados por Setzer e enganados pelos líderes de sua raça, os Kyrin vieram de um mundo devastado e ficaram presos em um mundo estranho cheio de gente que odeia eles. Dê uma chance a esses esquisitões, embora não possuam barba, são confiáveis. E uma vez que aprendam a gostar de você, serão sempre leais.

Um raro mago anão
Template Racial:

|=>Anão 56 Pontos
|||ST +1 (10)
|||HT +3 (30)
|||Damage Resitance 1 (5)
|||Infravision (10)
|||Extended Life Span(560-720) (6)
|||Magic Resistance 2 (4)
|||Extra Hit points 3 (6)
|||Temperature Tolerance 4 (4)
|||*Dwarven talent 1 (5)
|||**Dwarven Build 1 (10)
|||***Magnificent Beard 1 (1)

|||Honesty (-10)
|||Sense of Duty (All Dwarves) (-15)
|||Slow runner: Basic Move -2 (-10)
* Dwarven Talent: Você é um anão e foi treinado em diversas coisas desde criança.Você possui +1 nas skills abaixo para cada nível de talento que tiver. Além disso, anões são competentes com quase tudo que se propõe a fazer, portanto mediante um bom background, é possível adicionar uma skill de escolha do jogador à essa lista para ganhar bonus.
Skills: Architeture, Armoury (especialize-se em uma), Prospecting, Masonry, Engineer (especialize-se em uma)
** Dwarvem Build: Você é um anão acostumado a andar armadurado. Você reduz em 1 a penalidade por carga, exemplo: Se você estiver em Light Encumbrance, considera-se que está em No Encumbrance. Além disso você tem +4 nos testes para evitar ser knocked down (por slams, jets, etc)
*** Magnificent Bear: Sua barba é incrível, você tem +1 de bonus de reação por nível nesse Perk com pessoas que aprovem barbas. (Funciona com todos anões, a maioria dos humanos, não funciona com elfos, etc...)

Línguas: Anões começam com 10 pontos para distribuir em línguas, sendo que desses 10, 10 devem ser gastos em 6 devem ser gastos em Anão e 4 devem ser gastos em Common, a não ser que o anão em questão seja um comerciante que possa justificar gastar em outra língua que não commo. (caso ele lide com elfos, ou goblins, por exemplo).
Atributos e desenvolvimento: Anões podem chegar até 23 de HT, 20 de Força e 18 nos demais atributos. Podem comprar até 3 pontos de perception e will, podem comprar Damage Resistance até o terceiro nível e dada alguma explicação, resistência à magia até o quinto. Se o anão realmente cuidar de sua barba, pode evoluir o perk até o terceiro nível conforme envelhece. Se andar sempre de armadura muito pesada por muitos meses, é possível aumentar o Dwarven Build em mais 1 nível e se for um construtor, minerador ou ferreiro, pode aumentar seu Dwarven Talent em até mais 3 níveis.


4 comentários:

  1. Tá faltando 1 skill no talent do anão, são 6 e só tem 5

    ResponderExcluir
  2. Outra coisa, a soma dos pontos está errada: o total do template é 51.

    ResponderExcluir